PROPOSTA DE REVISTA DIGITAL ONLINE: REVISTA CÁSPERPROJETANDO O PROTÓTIPO

POR ADRIANO RODRIGUES

   Como afir­ma­mos no iní­cio des­te capí­tu­lo, nos­sa pro­pos­ta de pes­qui­sa pre­ten­de cri­ar um mode­lo de revis­ta digi­tal onli­ne real, que pos­sa ser apli­ca­do na prá­ti­ca. Para isso, apre­sen­ta­re­mos aqui infor­ma­ções neces­sá­ri­as para a implan­ta­ção des­te pro­je­to. Para dar for­ma a este pro­je­to, usa­re­mos a Revis­ta Cás­per como mode­lo repro­du­zi­do em ambi­en­te onli­ne.

   A esco­lha da Revis­ta Cás­per deu-se em vir­tu­de de sua impor­tân­cia e rele­vân­cia den­tro da Facul­da­de Cás­per Líbe­ro, seu aces­so por alu­nos e pro­fes­so­res e por sua exce­len­te qua­li­da­de grá­fi­ca e edi­to­ri­al. Per­ce­be­mos que esta revis­ta dá mar­gem para gran­des expe­ri­men­ta­ções e apli­ca­ções do mode­lo digi­tal onli­ne.

   Para desen­vol­ver­mos o mode­lo que que­re­mos ado­tar, usa­re­mos pla­ta­for­mas de publi­ca­ção digi­tal em for­ma de site/blog, apro­vei­tan­do toda faci­li­da­de, tec­no­lo­gia e conhe­ci­men­to empre­ga­dos nes­te tipo de pla­ta­for­ma. Para desen­vol­ver­mos nos­so pro­tó­ti­po, usa­re­mos a pla­ta­for­ma Word­Press, mas este expe­ri­men­to pode ser repli­ca­do em outros tipos de pla­ta­for­mas, como Joom­la, Moo­dle etc. Mon­tar uma revis­ta digi­tal com uso de pla­ta­for­ma onli­ne tor­na o pro­ces­so de pro­du­ção fácil, econô­mi­co e mui­to viá­vel, pois as difi­cul­da­des que pos­sam apa­re­cer duran­te a pro­du­ção são mini­mi­za­das com a auto­ma­ti­za­ção do pro­je­to grá­fi­co. O cus­to médio das licen­ças é mui­to bai­xo, giran­do em tor­no de US$ 80, mui­to dife­ren­te dos US$ 109 mil (anu­ais) pra­ti­ca­dos pela Ado­be, em sua tec­no­lo­gia DPS. Veja­mos, a seguir, as carac­te­rís­ti­cas de nos­sa revis­ta.

1 — Mode­lo de publi­ca­ção de revis­ta digi­tal onli­ne em pla­ta­for­ma Word­Press.

2 — Bus­ca­re­mos auto­ma­ti­zar todo o pro­ces­so de pro­du­ção da revis­ta den­tro da pla­ta­for­ma.

3 — O que que­re­mos é que nos­sa revis­ta seja mul­ti­pla­ta­for­ma, que seja aces­sa­da em com­pu­ta­do­res, tablets e smartpho­nes. Para isso tra­ba­lha­re­mos com a tec­no­lo­gia do design res­pon­si­vo.

4 — O aces­so ao con­teú­do da revis­ta em dis­po­si­ti­vos móveis será fei­to por meio de apli­ca­ti­vo, evi­tan­do, assim, as bar­ras de nave­ga­ção dos brow­sers.

5 — Cri­a­re­mos pro­je­tos grá­fi­cos que con­tem­plem o máxi­mo de carac­te­rís­ti­cas do meio revis­ta, e bus­quem apro­xi­ma­ção à sua ver­são impres­sa.

6 — Os recur­sos de inte­ra­ti­vi­da­de virão da pró­pria pla­ta­for­ma ou de plu­gins ins­ta­la­dos na revis­ta, além da pos­si­bi­li­da­de de serem pro­du­zi­dos em for­ma­tos HTML5 ou por pro­gra­mas de com­pu­ta­do­res.

7 — Que­re­mos ofe­re­cer aos bus­ca­do­res infor­ma­ções de qua­li­da­de. Assim, os bus­ca­do­res como Goo­gle, Yahoo e Bing acha­rão nos­so con­teú­do, por se tra­tar de con­teú­do pro­du­zi­do com tec­no­lo­gia.

8 — Apro­vei­tan­do a opor­tu­ni­da­de da revis­ta estar em ambi­en­te onli­ne conec­ta­do, tra­ba­lha­re­mos com mar­ke­ting digi­tal para que a revis­ta seja encon­tra­da pelos bus­ca­do­res.

9 — Uma fer­ra­men­ta impor­tan­te que não pode fal­tar na pro­du­ção da revis­ta onli­ne é a ins­ta­la­ção do Goo­gle Analy­tics. Esta fer­ra­men­ta gra­tui­ta de métri­cas aju­da­rá nas aná­li­ses que fare­mos da revis­ta.

10 — O mode­lo de negó­cio da revis­ta digi­tal onli­ne pode ser gra­tui­to ou pago. No mode­lo pago, é neces­sá­ria a pro­du­ção de lojas (ven­das) vir­tu­ais para a comer­ci­a­li­za­ção do pro­du­to revis­ta.

11 — É impor­tan­te pen­sar em usar os mode­los de publi­ci­da­de onli­ne para aju­dar a cap­tar recur­sos para a manu­ten­ção e sus­ten­ta­ção do negó­cio (revis­ta).

   Veja a ima­gem do mode­lo a revis­ta digi­tal onli­ne depo­si­ta­da em ambi­en­te mul­ti­pla­ta­for­ma.

Revis­ta Cás­per — mode­lo mul­ti­pla­ta­for­ma

Veja­mos, a seguir, algu­mas telas do pro­je­to que cri­a­mos.

   Obser­ve o mode­lo da revis­ta impres­sa e per­ce­ba o pro­je­to grá­fi­co encon­tra­do nes­ta revis­ta. Veja, a seguir, as ver­sões digi­tais que pro­du­zi­mos, per­ce­ben­do as seme­lhan­ças e as par­ti­cu­la­ri­da­des entre elas.

Revis­ta Cás­per: mode­lo de sua ver­são impres­sa

   O que vemos a seguir é a revis­ta Cás­per sen­do aces­sa­da via com­pu­ta­dor. Para ilus­tra­mos nos­so mode­lo de revis­ta, usa­mos a maté­ria O Arco e o Tem­po, escri­ta por João Hidal­go. As ima­gens ilus­tram a dia­gra­ma­ção da pági­na. Do lado direi­to, temos a entra­da da maté­ria, onde temos uma gran­de foto ilus­tran­do o assun­to e, do lado esquer­do, vemos a con­ti­nu­a­ção da maté­ria e, nela, per­ce­be­mos que a dia­gra­ma­ção, as cores e o pro­je­to grá­fi­co bus­cam res­pei­tar a ver­são impres­sa.

Pro­tó­ti­po da Revis­ta Cás­per — Ver­são com­pu­ta­dor

   Na ima­gem a seguir, encon­tra­mos a revis­ta digi­tal onli­ne da Cás­per na ver­são smartpho­ne. Nes­ta amos­tra, temos três ima­gens. A pri­mei­ra traz uma demons­tra­ção da ban­ca. Nes­te mode­lo, pode­mos encon­trar, no topo da publi­ca­ção, um ban­ner de divul­ga­ção e, abai­xo, as edi­ções atu­ais e pos­te­ri­o­res. Já na segun­da ima­gem, encon­tra­mos o sumá­rio da revis­ta e, na ter­cei­ra, pode­mos ver a maté­ria apli­ca­da na pági­na. Veja como é dife­ren­te o tipo de dia­gra­ma­ção. Per­ce­ba que o tex­to, ago­ra, está em ape­nas uma colu­na, e com uma tipo­gra­fia que pos­sa ser lida com faci­li­da­de nes­te tipo de dis­po­si­ti­vo.

Pro­tó­ti­po da Revis­ta Cás­per — Ver­são smartpho­ne

   A pró­xi­ma ima­gem mos­tra a mes­ma maté­ria sen­do aces­sa­da via tablet. Per­ce­ba que a dia­gra­ma­ção não dife­re mui­to de sua ver­são impres­sa e de com­pu­ta­dor. Isto acon­te­ce devi­do à simi­la­ri­da­de de for­ma­to que os tablets têm em rela­ção às revis­tas impres­sas.

   Fize­mos aqui um bre­ve pano­ra­ma da revis­ta digi­tal onli­ne, jus­ti­fi­ca­mos nos­sos argu­men­tos, mos­tra­mos os vári­os mode­los de publi­ca­ções digi­tais que encon­tra­mos e apre­sen­ta­mos nos­so pro­tó­ti­po da ver­são digi­tal onli­ne da revis­ta Cás­per. Gos­ta­ría­mos de afir­mar que este pro­tó­ti­po exis­te e foi desen­vol­vi­do, o que quer dizer que a imple­men­ta­ção des­te pro­je­to é pos­sí­vel e viá­vel. Só pre­ci­sa­mos ago­ra con­ven­cer os inte­res­sa­dos de que este mode­lo de publi­ca­ção digi­tal onli­ne é impor­tan­te para a difu­são e dis­se­mi­na­ção da infor­ma­ção.

Pro­tó­ti­po da Revis­ta Cás­per — ver­são tablet