A RDO oferece automação do projeto gráfico?

RDO-blog-Automacao-do-projeto-grafico

   A auto­ma­ção do pro­je­to grá­fi­co é ofe­re­ci­da pela RDO, mas para dar­mos pro­fun­di­da­de à repos­ta, deve­mos saber o que é um pro­je­to grá­fi­co*. Nes­te tex­to, o autor comen­ta a impor­tân­cia do desig­ner — pro­fis­si­o­nal res­pon­sá­vel pela auto­ma­ção. “Mui­tos já devem ter conhe­ci­do alguém que, quan­do per­gun­ta­mos qual sua pro­fis­são, res­pon­deu “desig­ner”. Hoje em dia, encon­tra­mos vári­os pro­fis­si­o­nais de design, como desig­ner de inte­ri­o­res, desig­ner de jogos, desig­ner de moda, desig­ner de sobran­ce­lha, etc. Con­tu­do, esta­mos aqui para falar sobre o desig­ner grá­fi­co, que geral­men­te atua na área de comu­ni­ca­ção. Nós dize­mos geral­men­te, pois é pos­sí­vel encon­trar desig­ners grá­fi­cos tra­ba­lhan­do para empre­sas como dese­nhis­tas indus­tri­ais. Porém, hoje nos­so foco é nos pro­fis­si­o­nais que tra­ba­lham para agên­ci­as de comu­ni­ca­ção com o intui­to de cri­ar ima­gens baca­nas para peças publi­ci­tá­ri­as, logo­mar­cas de orga­ni­za­ções, anún­ci­os para vári­os tipos de mídia, entre outras atri­bui­ções. Aí você vai pen­sar: ‘Ah, um desig­ner grá­fi­co é um dese­nhis­ta! Isso eu já sabia!’ Mui­ta cau­te­la antes de dizer isso, pois o desig­ner não é ape­nas um dese­nhis­ta, mas, prin­ci­pal­men­te, um pro­je­tis­ta”.

*Você pode encon­trar o ter­mo como CPG (Com­po­si­ção e Pro­je­to Grá­fi­co).

   Des­te modo, pode­mos afir­mar que um pro­je­to grá­fi­co é o visu­al do seu site. Aqui, na RDO, ele englo­ba revis­tas, catá­lo­gos, jor­nais, den­tre outros. Quan­do a auto­ma­ção do pro­je­to grá­fi­co é colo­ca­da como pri­o­ri­da­de, sig­ni­fi­ca que empre­sas boas a ofe­re­cem. No caso da Revis­ta Digi­tal Onli­ne, a carac­te­rís­ti­ca pri­mor­di­al da publi­ca­ção é a liber­da­de na com­po­si­ção dos layouts que ilus­tram as maté­ri­as. Mes­mo haven­do uma padro­ni­za­ção por meio do pro­je­to grá­fi­co, os pro­fis­si­o­nais que as dia­gra­mam ousam e cri­am ima­gens que pos­sam ilus­trar a maté­ria de for­ma mais artís­ti­ca,  Esses cui­da­dos são neces­sá­ri­os, já que o tem­po que cada mídia tem para publi­car seus con­teú­dos é dife­ren­te, devi­do a dife­ren­ça de peri­o­di­ci­da­de. Os pro­fis­si­o­nais que tra­ba­lham em revis­tas, prin­ci­pal­men­te, têm um mai­or tem­po para poder tra­ba­lhar a cri­a­ti­vi­da­de da dia­gra­ma­ção e das ima­gens e é pre­fe­rí­vel man­ter este fato no digi­tal.

   Outro pon­to extre­ma­men­te rele­van­te na pro­du­ção com a RDO, a velo­ci­da­de em que dados são aces­sa­dos é mui­to leva­da em con­ta. Para ter­mos um bom desem­pe­nho des­te tipo de pro­du­to onli­ne é pre­ci­so nova­men­te esta­be­le­cer, no pro­je­to grá­fi­co, parâ­me­tros que pos­sam sanar este pos­sí­vel pro­ble­ma. Quan­do as pes­so­as aces­sam con­teú­dos de infor­ma­ções (sejam ana­ló­gi­cas ou vir­tu­ais) o que elas espe­ram é que esses con­teú­dos este­jam lá quan­do são aces­sa­dos — sem len­ti­dão no car­re­ga­men­to. Caso isso não ocor­ra, ou quan­do há um pro­ble­ma de cone­xão cor­ri­quei­ro, o desem­pe­nho de qual­quer pro­du­to digi­tal fica com­pro­me­ti­do. O impor­tan­te, assim, é tra­ba­lhar para que isso não ocor­ra ou que seja ape­nas um pro­ble­ma pon­tu­al.

RDO – A pla­ta­for­ma de publi­ca­ção digi­tal que fun­ci­o­na

Por: Mar­ce­la Schi­a­von

contato@revistadigitalonline.com.br

www.revistadigitalonline.com.br

Tele­fo­ne: 11 2307–2737