Revista Digital em formato PDF: Vantagens e Desvantagens

Transformar Revista Digital em PDF é bom?

   Trans­for­mar Revis­ta Digi­tal em PDF exi­ge saber mais sobre o for­ma­to PDF. O for­ma­to PDF é um tipo de arqui­vo que pode ser aces­sa­do por vári­os dis­po­si­ti­vos como com­pu­ta­do­res, tablets e smartpho­nes. Isso pode ser fei­to em qual­quer sis­te­ma ope­ra­ci­o­nal, como Win­dows, IOS, Linux (nos com­pu­ta­do­res) e IOS, Android e Win­dows (nos dis­po­si­ti­vos móveis).

   É bom lem­brar que este inte­res­san­te for­ma­to foi desen­vol­vi­do pela Ado­be Sys­tems em 1993 e se tor­nou a for­ma mais sim­ples e bara­ta de con­ver­ter mui­tos arqui­vos gera­dos pelos mais diver­sos softwa­res em arqui­vos ele­trô­ni­cos (isso tam­bém vale para trans­for­mar Revis­ta Digi­tal em PDF.

   O PDF tam­bém um tipo de arqui­vo aber­to que faci­li­ta a tro­ca de docu­men­tos por meio da tec­no­lo­gia digi­tal. A implan­ta­ção do for­ma­to PDF em nos­so coti­di­a­no pos­sui mais de vin­te anos e sua tec­no­lo­gia cres­ceu e mudou mui­to. Hoje, após um gran­de ama­du­re­ci­men­to des­sa tec­no­lo­gia, somos capa­zes de con­ver­ter uma Revis­ta Digi­tal em PDF.

   Pode­mos encon­trar o for­ma­to PDF em sua ver­são inte­ra­ti­va, tra­zen­do com ele inú­me­ros recur­sos como a inclu­são de hiper­links, mar­ca­do­res, víde­os, áudi­os, for­mu­lá­ri­os. Estes podem ser visu­a­li­za­dos em modo de apre­sen­ta­ção (con­ten­do tam­bém tran­si­ção de pági­nas).

   Trans­for­mar Revis­ta Digi­tal em PDF pos­sui inú­me­ras van­ta­gens. Pode­mos apon­tar algu­mas como faci­li­da­de de sua con­ver­são — com o cli­car de alguns botões no soft­ware que a revis­ta está sen­do pro­du­zi­da, o mate­ri­al final fica pron­to em ins­tan­tes. Além dis­so, o for­ma­to PDF tem uma par­ti­cu­la­ri­da­de em rela­ção ao layout da revis­ta pois quan­do con­ver­ti­da temos como resul­ta­do final a fide­li­da­de do pro­je­to grá­fi­co cri­a­do. Isso sig­ni­fi­ca que ao trans­for­mar Revis­ta Digi­tal em PDF, por exem­plo, tere­mos uma cópia exa­ta do que foi pro­du­zi­do.

   Há tam­bém des­van­ta­gens em trans­for­mar Revis­ta Digi­tal em PDF. A cópia gera­da em PDF é sim­ples­men­te o docu­men­to ele­trô­ni­co da revis­ta. Isso quer dizer que ao trans­for­mar a Revis­ta Digi­tal em PDF não tere­mos um tipo de arqui­vo fluí­do. Ele não se adap­ta­rá aos for­ma­tos de tablets e smartpho­nes e no com­pu­ta­dor fica­rá fora de pro­por­ção em rela­ção à tela wides­cre­en do apa­re­lho, per­den­do todo o design que foi esta­be­le­ci­do no pro­je­to grá­fi­co.

   Outro gran­de pro­ble­ma encon­tra­do no for­ma­to de arqui­vo PDF em revis­ta digi­tal é que todo o con­teú­do fica pre­so den­tro do arqui­vo, isso quer dizer que só tem aces­so ao con­teú­do quem conhe­ce a revis­ta, isso impe­de que outros lei­to­res encon­trem o arti­go da revis­ta digi­tal por meio de bus­ca orgâ­ni­ca. Esse resul­ta­do é sim­ples­men­te um des­per­dí­cio.

   Nos­sa Revis­ta Digi­tal Onli­ne — RDO, pos­sui design res­pon­si­vo. Pode-se dizer, gros­so modo, que assim pode­mos ler o con­teú­do publi­ca­do em tablets, smartpho­nes e com­pu­ta­do­res sem que haja per­da em rela­ção às ima­gens, aos víde­os, etc..

   Ao trans­for­mar uma Revis­ta Digi­tal em PDF, em um tablet ou smartpho­ne o lei­tor fica­rá total­men­te per­di­do. Para ter aces­so ao con­teú­do terá que mover a tela e esta expe­ri­ên­cia pode aca­bar com todas as suas expec­ta­ti­vas.

   Se a revis­ta for pro­du­zi­da em uma ver­são inte­ra­ti­va do PDF, ela se tor­na um pou­co mais inte­res­san­te. O nível de inte­ra­ti­vi­da­de que vemos em outras publi­ca­ções que ten­tam sim­ples­men­te trans­for­mar uma Revis­ta Digi­tal em PDF, no entan­to, tor­na a esco­lha de trans­for­mar a Revis­ta Digi­tal em PDF, nada mais que uma opção pobre.

RDO – A pla­ta­for­ma de publi­ca­ção digi­tal que fun­ci­o­na

Por: Mar­ce­la Schi­a­von

contato@revistadigitalonline.com.br

www.revistadigitalonline.com.br

Tele­fo­ne: 11 2307–2737