CARACTERÍSTICAS E VANTAGENS DA REVISTA DIGITAL ONLINE

POR ADRIANO RODRIGUES

   Para fun­da­men­tar­mos os argu­men­tos apre­sen­ta­dos nes­ta pes­qui­sa, des­cre­ve­re­mos a seguir as carac­te­rís­ti­cas e van­ta­gens de nos­so pro­je­to, res­sal­tan­do pon­tos posi­ti­vos, nega­ti­vos e a via­bi­li­da­de de sua imple­men­ta­ção. Para isso, fare­mos uma aná­li­se com­pa­ra­ti­va entre nos­sa suges­tão e o mode­lo de pla­ta­for­ma encon­tra­do na Ado­be DPS.

   A revis­ta digi­tal onli­ne per­mi­te a difu­são do con­teú­do por meio de cone­xões na rede. O fato da revis­ta estar depo­si­ta­da em ambi­en­te web per­mi­te que inú­me­ras pes­so­as achem seu con­teú­do por meio de bus­ca­do­res. Sen­do assim, as edi­to­ras pode­rão ter novos lei­to­res.

   Nos­so pro­je­to visa depo­si­tar a revis­ta digi­tal onli­ne não ape­nas em dis­po­si­ti­vos móveis, mas tam­bém em com­pu­ta­do­res desktop/notebook, pois o uso da tec­no­lo­gia res­pon­si­va (o site se adap­ta em todos os dis­po­si­ti­vos) faci­li­ta o aces­so de con­teú­do em mul­ti­pla­ta­for­mas. Esta pos­si­bi­li­da­de per­mi­te não ape­nas a dis­po­si­ção do con­teú­do em vári­os dis­po­si­ti­vos, mas tam­bém faci­li­ta o pro­ces­so de pro­du­ção.

    O uso de pla­ta­for­ma como Word­Press é extre­ma­men­te impor­tan­te na pro­du­ção da revis­ta digi­tal onli­ne, pois, depois da imple­men­ta­ção e auto­ma­ti­za­ção do pro­je­to grá­fi­co por meio de esti­lo, tor­na a pro­du­ção mui­to sim­ples. Uma ques­tão extre­ma­men­te rele­van­te na pro­du­ção de revis­ta digi­tal onli­ne é a isen­ção de licen­ças extre­ma­men­te caras, já que o cus­to da licen­ça do Word­Press é por vol­ta de 1% do cus­to do Ado­be DPS;

   As inte­ra­ti­vi­da­des são auto­ma­ti­za­das, pois vári­os recur­sos já vêm embu­ti­dos nas pla­ta­for­mas e, caso haja neces­si­da­de de imple­men­ta­ção de novos recur­sos inte­ra­ti­vos, bas­ta com­prar e ins­ta­lar plu­gins por um pre­ço médio de US$ 20.

   Em nos­sa pro­pos­ta, mes­mo estan­do em ambi­en­te onli­ne, o aces­so da revis­ta digi­tal onli­ne em dis­po­si­ti­vos móveis será por meio de apli­ca­ti­vos, evi­tan­do a nave­ga­ção em brow­sers, o que pro­por­ci­o­na uma boa expe­ri­ên­cia de lei­tu­ra e nave­ga­ção ao usuá­rio.

   Em nos­so pro­tó­ti­po, a revis­ta digi­tal onli­ne bus­ca­rá se apro­xi­mar ao máxi­mo da sua ver­são impres­sa, res­pei­tan­do a iden­ti­da­de edi­to­ri­al da revis­ta impres­sa. Para pro­je­tos que já nas­çam digi­tais, bus­ca­re­mos ao máxi­mo fazer pro­je­tos grá­fi­cos de revis­ta, evi­tan­do, assim, que tenha apa­rên­cia de site.   Um assun­to e recur­so extre­ma­men­te impor­tan­te na revis­ta digi­tal onli­ne é a ques­tão das métri­cas, ou seja, é impor­tan­te medir e saber de onde vem o trá­fe­go do seu lei­tor. As métri­cas digi­tais não exis­tem em revis­tas impres­sas e, na revis­ta digi­tal, mode­lo Ado­be DPS, esse recur­so é cobra­do sepa­ra­da­men­te, ten­do um alto cus­to e, em outras pla­ta­for­mas, esse recur­so nem exis­te. Já na revis­ta digi­tal onli­ne, o Goo­gle Analy­tics pode ser uti­li­za­do gra­tui­ta­men­te, e tem um resul­ta­do bem inte­res­san­te. Caso a edi­to­ra quei­ra infor­ma­ções mais pre­ci­sas, é pos­sí­vel imple­men­tar outros tipos de métri­cas onli­ne. Outra coi­sa impor­tan­te é que as métri­cas no ambi­en­te onli­ne dis­tin­guem se o usuá­rio está nave­gan­do no com­pu­ta­dor, no tablet ou no smartpho­ne. Assim, os edi­to­res, além de medi­rem o trá­fe­go, podem enten­der o com­por­ta­men­to de seus lei­to­res.

   A revis­ta digi­tal onli­ne tem uma impor­tân­cia mui­to gran­de para o meio ambi­en­te, pois o fato dela exis­tir em ambi­en­tes digi­tais, aju­da a evi­tar o des­ma­ta­men­to, a polui­ção etc.

   Com a revis­ta digi­tal onli­ne não há a neces­si­da­de de arma­ze­na­men­to do con­teú­do nos dis­po­si­ti­vos móveis, já que esta está depo­si­ta­da em ser­vi­do­res, evi­tan­do, assim, o des­car­re­ga­men­to de con­teú­do no dis­po­si­ti­vo do usuá­rio, dei­xan­do mais espa­ço no hard­ware de seu apa­re­lho.

   Após a imple­men­ta­ção e auto­ma­ti­za­ção da revis­ta digi­tal em pla­ta­for­ma onli­ne, a pro­du­ção não requer com­ple­xos conhe­ci­men­tos téc­ni­cos.

   A revis­ta onli­ne per­mi­te a inclu­são de publi­ci­da­de onli­ne, ou seja, as edi­to­ras podem aumen­tar sua ren­da man­ten­do seus atu­ais anun­ci­an­tes e tam­bém cri­an­do novos espa­ços para ban­ners, fazen­do par­ce­ri­as com os bus­ca­do­res como Goo­gle, Yahoo, Bing etc. Esta prá­ti­ca já está imple­men­ta­da em por­tais de notí­ci­as.

   Em nos­sa pro­pos­ta, pode­mos encon­trar dois recur­sos extre­ma­men­te inte­res­san­tes. O pri­mei­ro é um sis­te­ma de bus­ca inter­na, ou seja, o lei­tor pode bus­car assun­tos de seu inte­res­se den­tro da mes­ma publi­ca­ção ou publi­ca­ções ante­ri­o­res. O segun­do recur­so inte­res­san­te é que, após a lei­tu­ra da maté­ria, o lei­tor encon­tra assun­tos rela­ci­o­na­dos àque­la lei­tu­ra, pos­si­bi­li­tan­do, assim, a ampli­a­ção e aces­so a outros con­teú­dos.

   Encon­tra­mos aqui as vári­as van­ta­gens e pos­si­bi­li­da­des que um mode­lo de revis­ta digi­tal onli­ne traz, mas o mais impor­tan­te é aten­der à neces­si­da­de de redu­zir cus­tos e entre­gar um con­teú­do que pos­sa ser con­su­mi­do de for­ma pra­ze­ro­sa pelos lei­to­res.