Refeição Light

Refei­ção Light Lorem Ipsum é sim­ples­men­te uma simu­la­ção de tex­to da indús­tria tipo­grá­fi­ca e de impres­sos, e vem sen­do uti­li­za­do des­de o sécu­lo XVI, quan­do um impres­sor des­co­nhe­ci­do pegou uma ban­de­ja de tipos e os emba­ra­lhou para fazer um livro de mode­los de tipos. Lorem Ipsum sobre­vi­veu não só a cin­co sécu­los, como tam­bém ao sal­to…

Sanduíche

San­duí­che Lorem Ipsum é sim­ples­men­te uma simu­la­ção de tex­to da indús­tria tipo­grá­fi­ca e de impres­sos, e vem sen­do uti­li­za­do des­de o sécu­lo XVI, quan­do um impres­sor des­co­nhe­ci­do pegou uma ban­de­ja de tipos e os emba­ra­lhou para fazer um livro de mode­los de tipos. Lorem Ipsum sobre­vi­veu não só a cin­co sécu­los, como tam­bém ao sal­to para…

Bolo — TIPO 02

Bolo — TIPO 02 Lorem Ipsum é sim­ples­men­te uma simu­la­ção de tex­to da indús­tria tipo­grá­fi­ca e de impres­sos, e vem sen­do uti­li­za­do des­de o sécu­lo XVI, quan­do um impres­sor des­co­nhe­ci­do pegou uma ban­de­ja de tipos e os emba­ra­lhou para fazer um livro de mode­los de tipos. Lorem Ipsum sobre­vi­veu não só a cin­co sécu­los, como tam­bém…

Bolo — TIPO 01

Bolo — TIPO 01 Lorem Ipsum é sim­ples­men­te uma simu­la­ção de tex­to da indús­tria tipo­grá­fi­ca e de impres­sos, e vem sen­do uti­li­za­do des­de o sécu­lo XVI, quan­do um impres­sor des­co­nhe­ci­do pegou uma ban­de­ja de tipos e os emba­ra­lhou para fazer um livro de mode­los de tipos. Lorem Ipsum sobre­vi­veu não só a cin­co sécu­los, como tam­bém…

Macarrão — TIPO 02

Macar­rão — TIPO 02 Lorem Ipsum é sim­ples­men­te uma simu­la­ção de tex­to da indús­tria tipo­grá­fi­ca e de impres­sos, e vem sen­do uti­li­za­do des­de o sécu­lo XVI, quan­do um impres­sor des­co­nhe­ci­do pegou uma ban­de­ja de tipos e os emba­ra­lhou para fazer um livro de mode­los de tipos. Lorem Ipsum sobre­vi­veu não só a cin­co sécu­los, como tam­bém…

Macarrão — Tipo 01

Macar­rão — TIPO 01 Lorem Ipsum é sim­ples­men­te uma simu­la­ção de tex­to da indús­tria tipo­grá­fi­ca e de impres­sos, e vem sen­do uti­li­za­do des­de o sécu­lo XVI, quan­do um impres­sor des­co­nhe­ci­do pegou uma ban­de­ja de tipos e os emba­ra­lhou para fazer um livro de mode­los de tipos. Lorem Ipsum sobre­vi­veu não só a cin­co sécu­los, como tam­bém…

Introdução

INTRO­DU­ÇÃO POR ADRI­A­NO RODRI­GUES    Nos­sa pes­qui­sa tem como obje­ti­vo inves­ti­gar o pro­ces­so de con­ver­gên­cia e pro­du­ção de um pro­tó­ti­po de revis­ta digi­tal onli­ne. Para isso, pas­se­a­re­mos por uma bre­ve intro­du­ção his­tó­ri­ca do meio revis­ta, bus­ca­re­mos enten­der o pro­ces­so de con­ver­gên­cia digi­tal, bus­ca­re­mos enten­der o cená­rio de publi­ca­ção digi­tal do meio revis­ta e pro­po­re­mos a…

Breve panorama histórico da revista no Brasil e no mundo

BRE­VE PANO­RA­MA HIS­TÓ­RI­CO DA REVIS­TA NO BRA­SIL E NO MUN­DO POR ADRI­A­NO RODRI­GUES   A pala­vra revis­ta vem do ter­mo inglês revi­ew. Ela foi usa­da em 1702 por Dani­el Defoe, autor de Robin­son Cru­soé. Naque­le perío­do, Defoe publi­ca­va perió­di­cos com o títu­lo Revi­ew (Asso­ci­a­ção Naci­o­nal de Edi­to­res de Revis­ta). Se ana­li­sar­mos as pala­vras re+vista, temos…

O meio revista – Conceituação e mercado

O MEIO REVIS­TACON­CEI­TU­A­ÇÃO E MER­CA­DO POR ADRI­A­NO RODRI­GUES    O meio revis­ta tem papel fun­da­men­tal na comu­ni­ca­ção de mas­sa, tan­to no Bra­sil quan­to no mun­do. Ela dife­re-se de outras publi­ca­ções como o jor­nal pelas carac­te­rís­ti­cas e espe­ci­fi­ci­da­des que a defi­nem. O jor­nal é um tipo de publi­ca­ção perió­di­ca que pro­pa­ga suas infor­ma­ções diá­ri­as, rápi­das…