A REVISTA DIGITAL ONLINE — O USO DO DESIGN NA BUSCA POR UMA SEMELHANÇA DA REVISTA IMPRESSA

POR ADRIANO RODRIGUES

   O grande desafio na produção de revista digital online é a busca por uma aproximação da sua identidade editorial com seu modelo impresso. Sabemos que, em cada suporte que o conteúdo da revista é depositado, deve-se respeitar e explorar sua forma específica, pois cada suporte tem características diferentes, Não podemos esquecer, no entanto, as características do meio revista. O ideal é que se preserve as características do meio, explorando sabiamente o novo suporte digital.

   O que pode nos ajudar nesta tarefa é a aplicação correta e adequada do editorial aliado ao design digital. O importante aqui é fazermos um projeto gráfico que possa ser consumido pelo leitor sem nenhuma interferência que venha a prejudicar o consumo de conteúdo.

   Primeiramente, é preciso pensar em criar um projeto gráfico digital que contemple, o máximo possível, as características da revista.  Vejamos a seguir as etapas do processo do projeto gráfico digital.

   Primeiramente, é preciso entender que a revista impressa é depositada sobre papel, já a digital é em telas. Ambos os suportes têm suas diferenças, pois o papel tem trama, já o digital tem malha, o papel tem textura, o digital tem luz.

Além das particularidades de suporte, é preciso explorar as particularidades de formatos. O papel tem dimensões específicas e, se pensarmos em lermos a revista em computadores, tablets e smartphones, temos uma grande variação de formatos. Para chegarmos ao resultado interessante, é preciso projetar a revista digital pensando nessas diferenças de tamanhos de telas. Para isso, usar a tecnologia de design responsivo ajuda muito na aplicação destes conteúdos de forma interessante.

Na publicação digital, existem vários formatos e a variação dos formatos requer uma variação de produção. Dependendo de onde a revista for produzida, trabalhar com design responsivo é uma possibilidade interessante e que ajuda tanto na produção quanto na leitura. O uso de design responsivo pode ser usado em publicações digitais online, isso, claro, se os designers e programadores utilizarem esta tecnologia.

Outro grande desafio é o uso de tipografias. Sabemos que muitas fontes tipográficas foram criadas para ser aplicadas em suportes de papel. Aplicá-las em ambientes digitais pode gerar dois problemas: o primeiro é a questão da legibilidade e, o segundo é a sua inclusão na plataforma, pois se o usuário não tiver as fontes que o designer usou, ele terá problema na leitura do conteúdo. Para resolver isto, é preciso pensar no uso de fontes que possam ser encontradas dentro dos sistemas operacionais ou dentro das plataformas.

As cores em ambientes digitais ganham mais força, mais brilho, pois estamos tratando de cores reluzentes, estamos falando de luzes, muito diferente das cores pigmentos, encontradas nos impressos gráficos. Para que haja uma semelhança de cores em relação à revista impressa, é preciso usar códigos cromáticos. Enquanto no impresso é usado o modo de cor em processo CMYK (ciano, magenta, amarelo e preto), no digital é preciso usar o modo de cor RGB (red, green e blue). Por exemplo, caso queiramos reproduzir uma cor vermelha escura do impresso, podemos usar os seguintes códigos: digamos que no CMYK as cores são C0M100Y100 e K 50; esta mesma cor no digital seria o equivalente a R133G15 e B8, ou #850f08. Isso quer dizer que reproduzir cores semelhantes referenciando-se no impresso é uma tarefa fácil, mas vale aqui ressaltar que as cores não ficarão 100% iguais, pois estamos tratando de conceitos diferentes.

As imagens publicadas em revistas digitais ganham outra dimensão. A aplicação das imagens na revista digital não depende mais de quantidade de página nem de custo de papel, pois o ambiente digital permite colocar um número maior de imagens para ilustrar a matéria. Elas podem ser apresentadas de forma individual ou em formato de galerias. A qualidade das imagens tanto na revista impressa quanto na digital é algo imprescindível, mas, na versão digital, é possível abusar um pouco do tratamento das imagens, uma vez que não serão depositadas sobre papel e, neste caso, como não há a trama do papel para interferir no resultado final, as imagens ganham um certo padrão.

Uma questão de extrema importância quando se produz revista digital é o projeto gráfico. Quando a produção é feita em plataformas como Adobe DPS, Twixl etc, esta tarefa torna-se fácil, mas quando usamos plataformas de produção de revista digital online, como o WordPress essa tarefa mostra-se mais difícil. Na verdade, esse é um dos maiores desafios, pois a revista digital online precisa ter um projeto que contemple as especificações do meio revista. Preservar e manter o projeto gráfico, além de ajudar a dar forma à revista digital, proporciona também uma boa experiência de acesso. Ao lançar uma revista digital online, é preciso desenvolver um bom projeto gráfico, respeitando as especificações que definem o meio revista e que explore ao máximo o suporte digital online.

A utilização dos recursos interativos herdados das revistas digitais para tablets na publicação digital online também é uma tarefa das mais complexas: primeiro, as plataformas de publicações digitais online têm recursos ilimitados. Para obter uma grande quantidade de recursos, é preciso produzir com HTML5 e com design responsivo, mas podemos incrementar esses recursos usando softwares como Adobe DreamWeaverAdobe MuseAdobe Edge Animate, entre outros. Uma observação faz-se necessária neste tipo de publicação: é preciso moderar o nível de interatividade, caso contrário o acesso a publicação poderá demorar devido ao peso dos conteúdos.

A navegação das revistas online pode ser produzida de diversas formas, mas a sugestão é projetar um tipo de navegação que esteja próxima da realidade das revistas digitais, ou seja, com leitura de cima para baixo e da esquerda para a direita. Em nosso protótipo, estipulamos uma leitura de cima para baixo e, no final de cada matéria, encontramos o acesso para outras matérias da publicação acessada.

O design da banca e do aplicativo são partes integrantes da revista digital. Para manter um padrão, decidimos nos basear nos modelos já implantados nas plataformas de publicações digitais para tablet. Para explorarmos bem o design destas áreas, é preciso expandir o design para outros suportes, como computador, tablet smartphone.

Rolar para cima