A REVISTA DIGITAL E A LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO

POR ADRIANO RODRIGUES

A produção de revista digital sem uso de plataforma torna o trabalho mais complexo, já que é necessário trabalhar com profissionais que atuam no mercado com linguagem de programação e designers, como já foi citado. Este processo torna cada projeto uma tarefa complexa e demorada e todos nós sabemos que o mercado editorial de revista é muito ágil.

Acreditamos que este tipo de produção cai melhor em publicações especiais ou publicações premium, que requerem um nível alto de conhecimento de linguagem de programação, um bom tempo na produção, sofisticação, experimentações tecnológicas e exclusividade de projeto digital.

Um bom exemplo de publicação digital feita com linguagem de programação, sem uso de plataforma é a revista Katachi.

Logo de cara, percebemos claramente que o projeto gráfico criado para esta revista não usa como referência os padrões estéticos das revistas impressas. Para começar, a diagramação foi disposta na horizontal, a disposição dos textos e das imagens também fogem do convencional e o mais interessante é que os recursos de interatividade exploram bem os recursos que os tablets trazem, como a interação com o toque, a criação de interatividades que fogem dos padrões estabelecidos nos modelos criados nas plataformas etc.

Revista Digital Katachi. Esta revista é um ótimo exemplo de revista digital moderna.
Rolar para cima